PILAR:
CÓDIGO:

435

ORGANISMO COORDENADOR:

DGAJ

ORGANISMOS ENVOLVIDOS:
ÁREA DA JUSTIÇA BENEFICIADA:

Sistema Judicial

DESTINATÁRIOS:

Tribunais

DESCRIÇÃO SUMÁRIA:

Para além da inventariação física dos bens existentes (incluindo obras de arte) em todos os tribunais de 1ª instancia e TAF’s de todo o território nacional e ainda dos serviços centrais da DGAJ e a sua valorização, pretende-se adotar igualmente uma solução informática para a gestão e controlo da localização física dos bens.

ENQUADRAMENTO:

É imperativo conhecer o património da DGAJ, não só ao nível da valorização dos seus ativos com implicações diretas no balanço inicial da DGAJ, (de acordo com os normativos contabilísticos em vigor – SNC-AP), como igualmente ao nível das caraterísticas e estado de conservação dos bens, quantidades existentes e sua localização exata. Esta informação permitirá à DGAJ garantir, previamente,  eventuais necessidades futuras, poupança com a movimentação de bens, ao invés de novas aquisições e abate de equipamentos obsoletos que ocupam espaços que poderão ser reutilizados para outros fins.

Outras medidas para

Sistema Judicial